Protesto dos dentistas servidores públicos

Membros da FNO integram plenário gestor da Confederação Nacional das Profissões Liberais
abril 26, 2013
CCJ aprova Projeto de Lei de Responsabilidade Sanitária
maio 30, 2013

A Associação Odontológica de Ribeirão Preto (AORP) e o Sindicato dos Odontologistas de Ribeirão Preto (SINDIORP) divulgam a posição dos cirurgiões-dentistas funcionários públicos municipais, que continuam aguardando que a prefeita Dárcy Vera cumpra o compromisso que ela assumiu pessoalmente perante a categoria, de aumentar de 28% para 47% o valor do prêmio incentivo por produtividade relacionado com sua jornada de trabalho nas repartições públicas municipais. 

As duas entidades odontológicas esclarecem que o atendimento imediato dessa reivindicação não está incluído na concessão de benefício previsto para todas as categorias de servidores municipais da área da saúde, qual seja os 47% de prêmio incentivo por produtividade, que será a longo prazo, após estudo, conforme aprovado em negociação. 

A AORP e o Sindiorp lembram que: 
– O prêmio incentivo por produtividade para médicos e cirurgiões-dentistas funcionários públicos foi concedido em 1994, durante a gestão do prefeito Antônio Palocci, em igual índice (28%) para as duas categorias – médicos e dentistas. 
– Em 2010, após mobilização conjunta das duas categorias, médicos e dentistas, a prefeita decidiu reajustar para 47% o prêmio incentivo, mas apenas para os médicos, deixando fora os dentistas. 
– Desde então, tem havido gestões para ser dado aos dentistas o mesmo benefício concedido aos médicos. 
– No ano passado, em junho, os dentistas servidores públicos se mobilizaram em visita ao Palácio Rio Branco, sede da Prefeitura Municipal, ocasião em que foram recebidos em audiência pelo secretário municipal de Governo, Jamil Albuquerque. 
– Enquanto o secretário se manifestava perante a categoria, dizendo que sua reivindicação seria encaminhada, a prefeita Dárcy Vera entrou inesperadamente na reunião que se realizava no salão nobre do Palácio, dizendo então que, naquele momento, não poderia atender à solicitação, tendo em vista a legislação eleitoral, mas que, tão logo fosse legalmente permitido, seria reparada a injustiça. Ela própria, prefeita, disse que havia cometido uma injustiça contra os dentistas. 
– O que então se esperava é que, a partir de 1º de janeiro de 2013, já estaria sendo reajustado para 47% o valor do prêmio incentivo, mas isso não aconteceu até hoje, não obstante a promessa que depois a prefeita reafirmou, reiteradamente. 

Diante disso, os dentistas servidores públicos municipais estão reunidos em assembléia permanente, para decidir, dentre outras posições, ida à Prefeitura municipal de cerca de 250 cirurgiões-dentistas servidores municipais, a fim de cobrar da sra. prefeita Dárcy Vera o que ela prometeu antes das eleições de outubro passado. 

Seria aquela apenas uma promessa de campanha eleitoral?